Usando as informações obtidas e um pouco de engenharia social, uma pessoa mal intencionada poderia inclusive ligar para a companhia aérea e obter o número do cartão de crédito usado para a compra — ou, caso ela seja “boazinha”, pode se contentar em somente roubar as milhas que você acumulou. Tudo isso graças ao fato de que cartões de embarque costumam exibir de forma bastante vísivel uma senha que você tem que usar para acessar seus dados no sistema de uma companhia aérea.

A boa notícia fica pelo fato de que, aparentemente, nenhum criminoso usou o método para se aproveitar de uma viagem gratuita ou para prejudicar alguma pessoa. O que não significa que você não tem motivos para se preocupar — em todo caso, o conselho dos especialistas de segurança é o mesmo: caso você queira compartilhar que está indo viajar, não faça isso através de fotografias de suas passagens aéreas.